Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

20 setembro 2009

O JAZZ E O FUTEBOL

Em todas as reuniões do CJUB onde os apaixonados por jazz discutiam e conversavam sobre recentes audições, músicos, shows e festivais, sempre havia um momento onde o assunto era o futebol. Acho que entre diversos frequentadores de nosso almoço apenas um não participava das discussões futebolísticas.

Aqui no Rio tudo vai mal, muito mal. Apenas para um registro cronológico, nosso Vasco está na segundona, o Flu e o Bota estão na iminencia de serem rebaixados e o Fla não sobe nem desce. Os cariocas não tem muito o que falar de futebol, então vamos falar de jazz e bossa, onde as coisas tem acontecido (mais em Sampa do que no Rio).

Que o jazz seja eterno e que o futebol do Rio possa dar mais alegria aos cariocas.

Bom Domingo!

3 comentários:

Beto Kessel disse...

Mario,

O Flamengo caminha em busca de um lugar no G4...Com Petkovic e Adriano mantendo o bom futebol, passo a ter mais esperanca...,mas pensando bem, O Assunto e Jazz (& Bossa, com autorizacao do Llulla.

Abracos,

Beto

Anônimo disse...

Isso é papo de bebado, ou melhor, de tricolor humilhado e desiludido, e se continuar assim vai ser dificil sair da segundona...

Sazz rumo ao G4

Anônimo disse...

Futebol e jazz misturados ? Não vejo qualquer relação entre ambos. Se fosse entre jazz e automóvel ainda seria viável porque este possui carter e bateria.....