Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

07 fevereiro 2008

MUSEU DE CERA # 36 - BUNK JOHNSON

WILLIE GEARY “BUNK” JOHNSON - nasceu em New Orleans possivelmente em 1879 (ou 1889 parece que mentia a idade como sendo 10 anos mais velho), um dos 14 filhos de William Johnson e Thresa Jefferson. Em 1894 concluíu a New Orleans University. Seu primeiro trabalho profissional foi com a Olivier's Orchestra e de 1895 a 96 com a legendária Buddy Bolden's Band a pioneira na execução do jazz. Depois tocou em várias brass bands de New Orleans. Em 1900 tocou no Frankie Spano's Club com Jelly Roll Morton e Jim Parker e com The Superior Orchestra dirigida por Clarence Williams. (foto abaixo).















Em 1915 deixou New Orleans permanentemente atuando em espetáculos de vaudeville e minstrels shows, em orquestras de teatro e até bandas de circo como a Vernon Brothers Circus. Com a Black Eagle Band em 1931 em um dancing na cidade de Rayne, Louisiana aconteceu que o segundo trompete Evan Thomas foi apunhalado em pleno palco vindo a falecer ali mesmo. Iniciou-se então uma luta no recinto e o instrumento de Bunk foi quebrado. Após este incidente continuou a tocar com um trompete emprestado, além deste episódio seus dentes não tratados começaram a dar muitos problemas tendo que extraí-los o que dificultou sua embocadura e Bunk acabou por se retirar do meio musical.
Um movimento de recriação e resgate do Jazz tradicional e de seus músicos veteranos — REVIVAL — ocorreu a partir de 1937 estendendo-se até o final dos anos 40. Foram reencontrados vários músicos como George Lewis (cl), Mutt Carey (tp) e renovadas as forças de outros como Kid Ory (tb), Sidney Bechet (cl, ss), Tommy Ladnier (tp), Albert Nicholas (cl), Jelly Roll Morton (pi) e dos brancos do dixieland como Eddie Condon (gt), Bud Freeman (st), Muggsy Spanier (ct, tp), Eddie Miller (st), Bobby Hackett (tp) e ainda o francês Claude Luter (cl, bldr), o inglês Humphrey Lyttelton (tp, cl) e outros... Bill Russel e Fredric Ramsey Jr. historiadores ao escreverem o primeiro livro sobre a história do Jazz — Jazzmen, feito através de inúmeras entrevistas, incluindo Louis Armstrong, Sidney Bechet e Clarence Williams o nome de Bunk era citado constantemente como um dos pioneiros do Jazz em New Orleans. Resolveram procurar o citado músico encontrando-o em New Iberia, Louisiana onde vivia. Após conseguirem fantásticas histórias sobre o ambiente musical de New Orleans no início do século, os descobridores pagaram o tratamento dentário e compraram um novo sopro para Bunk. Em 1942 começou a gravar tornando-se figura popular do movimento Revival. Sua última gravação foi em New York nas sessões de 23, 24 e 26 de dez/1947. Retornando a New Iberia em 1948 com a Banner Band sofre um AVC e acaba falecendo a 7/julho de 1949.
Bunk possuía a técnica suficiente para transmitir a essência do jazz de raíz, da raíz neo-orleanesa da qual foi um dos ramos fecundos pela tonalidade, perfeição da forma e equilíbrio, além de magnífico beat. Um dos grandes momentos do Jazz Tradicional.
Aqui podemos ouvir uma das primeiras sessões de gravação do Movimento Revival de 1942 com Bunk Johnson’s Original Superior Band tendo Bunk ao trompete e líder, e os “cobras criadas” - Big Jim Robinson (tb), George Lewis (cl), Walter Decou (pi), Lawrence Marrero (bj), Austin Young (bx), Ernest Rogers (bat) no clássico Panama (William H. Tyers) - Vocalion LAG 545, gravado no Grunewald’s Music Store, New Orleans a 11/junho de 1942 (mx MLB 140) e ver algumas fotos interessantes.

Nenhum comentário: