Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

05 dezembro 2007

MORRE, AOS 39 ANOS, O VIOLONISTA WILLIANS PEREIRA

Perda irreparável em nosso meio musical !
Willians Pereira, violonista, morreu domingo último dia 2 de dezembro, aos 39 anos, em um acidente de ultra-leve em Porto de Galinhas, Recife.
Willians estava na capital pernambucana trabalhando na produção de um CD de frevos da cantora Maria Olívia.

Willians Pereira, além de grande violonista, era um super arranjador, sabia tudo de harmonia, era compositor e professor - foi meu professor.
Formou o trio Taluá ao lado do flautista PC Castilho e o percussionista Fabio Luna, e desenvolveu um trabalho solo chamado Dom Quixote, ambos relançados pela Delira Musica.

Ao lado de Mariana Leporace lançou A canção, a voz e o violão e participou de seu disco em tributo a Baden Powell. Este ano, ao lado de Maurício Einhorn, gravou O encanto e a delicadeza. E fez trilha sonora, do curta Cego e seu amigo Gedeão à beira da estrada, de Ronald Palatnik.

Um cara criativo, com uma sensibilidade ímpar no violão acústico.
Sempre preocupado com a harmonia, com as "vozes" do violão, de pouco improviso mas que sabia manifestar a arte desse instrumento, literalmente, em poucas palavras.
Foi votado aqui mesmo no CJUB, na votação dos melhores do ano (2004) como revelação, por mim e acho que pelo nosso Mestre Rafaelli.
Para quem gosta gosta de violão, era "o cara". Lembro do dia que ouvi pela primeira vez seu tributo em violão solo do tema First Circle do Pat Metheny, que não vi ninguém nesse planeta fazer algo superável.
Pra mim, um dos grandes violonistas que surgiu no cenário musical nos últimos tempos.
Vai deixar saudade!

Descanse em paz, Sócio (assim ele chamava os que o cercava) .

Deixo 2 temas de seu CD solo Dom Quixote. O tema título na versão de Cesar Camargo Mariano e o tema First Circle do Pat Metheny.

Nenhum comentário: