Editores e Colaboradores : Mauro Nahoum (Mau Nah), José Sá Filho (Sazz), Arlindo Coutinho (Goltinho); David Benechis (Bené-X), José Domingos Raffaelli (Mestre Raf) in memoriam, Luciana Pegorer (PegLu), Luiz Carlos Antunes (Llulla) in memoriam, Ivan Monteiro (I-Vans), Mario Jorge Jacques (MaJor), Gustavo Cunha (Guzz), José Flavio Garcia (JoFla), Alberto Kessel (BKessel), , Gilberto Brasil (BraGil), Reinaldo Figueiredo (Raynaldo), Claudia Fialho (LaClaudia), Marcelo Carvalho (Marcelón), Marcelo Siqueira (Marcelink), Pedro Wahmann (PWham), Nelson Reis (Nels), Pedro Cardoso (o Apóstolo) e Carlos Augusto Tibau (Tibau).

BLOG CRIADO em 10 de maio de 2002

27 junho 2007


RETRATOS
04. BUD POWELL (C)

Término da Discografia Resumida

Em 1951 Bud Powell grava em piano.solo e em trio, gravações intermediadas pela realizada no mês de Março com Dizzy Gillespie e Charlie Parker.

Dizzy Gillespie - Charlie Parker Quintet
Dizzy Gillespie (trumpete), Charlie Parker (sax.alto), Bud Powell (piano), Tommy Potter (baixo) e Roy Haynes (bateria).
31/03/1951, Birdland, New York. Album da Columbia: “Charlie Parker - Summit Meeting At Birdland”.
1. Blue 'N' Boogie
2. Anthropology
3. 'Round About Midnight
4. A Night In Tunisia
5. Jumpin' With Symphony Sid
No Brasil a Columbia lançou o álbum “Charlie Parker – Summit Meeting At Birdland” em 1977, com extensas notas da contra-capa por Gary Giddins, tradução e adaptação de Luiz Carlos Antunes, Mestre LULA. O lançamento nacional veio com as faixas 1, 2, 3 e 4 no lado “A” do LP, mas sem a faixa 5 (“Jumpin’ With Simphony Sid”) da sessão no “Birdland”. O lado “B” do LP foi inteiramente ocupado com 06 faixas, também gravadas no “Birdland” em 23/03 e 09/05/1953, com formações sem a participação de Bud Powell.
Durante 1953, em 07/02 (Bud, Oscar Petiford, Roy Haynes), em 21/03 (Bud, Mingus, Roy Haynes), em 03/06 (Bud, Mingus, Art Taylor), em 05/09 (Bud, George Duvivier, Max Roach) e em 26/09 (Bud, Curley Russell, Art Taylor), sempre no “Birdland”, foram realizadas diversas gravações de Bud Powell em trio; a série “Os Grandes do Jazz” (Ediciones del Prado S. A., 1996 / 1997, 5 volumes mais 72 CD’s), reservou 01 CD com 12 das faixas gravadas nessas sessões.

Bud Powell Trio
Bud Powell (piano), Charles Mingus (baixo) e Roy Haynes (bateria).
05/04/1953, Club Kavakos, Washington/DC. Album da Elektra/Musician: “Bud Powell - Inner Fires”.
1. I Want To Be Happy
2. Somebody Loves Me
3. Nice Work If You Can Get It
4. Salt Peanuts
5. Conception
6. Lullaby Of Birdland
7. Little Willie Leaps
8. Hallelujah
9. Lullaby Of Birdland (alternate take)
10. Sure Thing
11. Woody'n You
12. Entrevista com Bud Powell
As faixas de 1 até 11 foram efetivamente tomadas em 05/04/1953 durante apresentação no “Club Kavakos” em Wahington / DC. O trio foi apresentado nessa ocasião por Willis Conover. O produtor Bill Potts teve oportunidade de entrevistar Bud Powell 02 vezes, em 15/Janeiro e em 06/Maio/1963, durante tratamento de Bud para recuperação de tuberculose no Bouffemont Sanatorium (França); essas entrevistas foram incorporadas como última faixa no CD produzido em 1982 (Elektra/Musician, “Inner Fires - The Genius Of Bud Powell”). As notas do encarte desse CD, que contem as entrevistas de Bill Potts com Bud Powell, são de Chick Corea (autor, também, da seleção das 16 faixas para a série “Ultimate” da Verve, que integram o CD lançado em 1998). As 11 faixas musicais desse “Inner Fires”, pura delícia para os sentidos, estão devidamente descritas no encarte. Na 1ª entrevista Bud Powell descreve Al Haig como sua idéia de um pianista perfeito, refere-se a Art Tatum como seu professor e a Thelonius Monk como seu compositor preferido. As duas entrevistas são ricas em referências a outros músicos.

The Quintet
Dizzy Gillespie (trumpete), Charlie Parker (sax.alto), Bud Powell (piano), Charles Mingus (baixo) e Max Roach (bateria).
15/05/1953, Massey Hall, Toronto, Canadá. Albuns da Debut: “The Quintet - Jazz At Massey Hall, Volumes 1, 2, 3 e 4”. Album da Mythic Sound: “Earl Bud Powell, Vol. 2 - Burning In U.S.A., 53-55”. Album da America: “Charlie Parker - Jazz At Massey Hall”. Album da Prestige: “Various Artists - The Greatest Jazz Concert Ever”. Album da Debut e Fantasy: “The Quintet - Jazz At Massey Hall”.
1. 1.Woody'n You
2. Salt Peanuts
3. Perdido
4. Salt Peanuts (takes 1 e 2)
5. Wee
6. Hot House (takes 1 e 2)
7. A Night In Tunisia
8. All The Things You Are
9. 52nd Street Theme
Esse é o histórico “Jazz At Massey Hall” (que ficou rotulado como “The Greatest Jazz Concert Ever”), iniciado com a banda local de Graham Topping, seguindo-se o quinteto Parker/Gillespie com 03 faixas e interrupção para que todos assistissem à luta pelo título mundial de box entre Rocky Marciano e Jersey “Joe” Walcott (Marciano nocauteou Walcott no 1o round). Após a luta e sem Parker o quarteto Gillespie/Bud/Mingus/Roach executou alguns números, a banda de Graham Topping voltou a apresentar-se, depois Parker recompôs o quinteto para mais 02 faixas; finalmente, a banda e o quarteto (Bud Powell não participou) encerraram o espetáculo. No lançamento original do selo DEBUT (do qual Charles Mingus era co-proprietário) Parker foi identificado como “Charlie Chan”. Com todos os percalços ocorridos antes, durante e depois do concerto, trata-se de documento musical obrigatório para qualquer apreciador de JAZZ.

Bud Powell Trio
Bud Powell (piano), George Duvivier (baixo) e Art Taylor (bateria.)
05/10/1956, New York. Album da RCA Victor: “Bud Powell – Strictly Powell”.
1. There’ll Never Be Another You
2. They Didn’t Believe Me
3. Lush Life
4. Over The Rainbow
5. I Cover The Waterfront
6. Time Was
7. Topsy Turvy
8. Elegy
9. Coscrane
10. Jump City
11. Blues For Bessie
12. Lullaby To A Believer
Temos aquí um trio em absoluto estado de perfeição, com Bud dando uma aula de “bebop” no piano, precioso nos acordes e apoiado por um George Duvivier em plena forma; o clássico “There Will Never Be Another You” é uma pérola. Em 11/Fevereiro/1957 (portanto 04 meses depois dessa gravação) o mesmo trio gravou mais 09 faixas: “Salt Peanuts”, “Swedish Pastry”, “Shawnuff”, “”Midway”, “Oblivion”, “Get It”, “Another Dozen”, “She (Shearing)” e “Birdland Blues”. Em 1991 foi lançado no Brasil o CD “Time Was - The Bud Powell Trio”, com o selo “Bluebird”, incluindo essas 09 faixas e excluindo as faixas 3, 4 e 12 de 05/Outubro/1956.

Bud Powell Trio
Bud Powell (piano), George Duvivier (baixo) e Art Taylor (bateria).
14/10 (faixas 2, 3, 4, 6, 8, 11 e 14), 02/12/1957 (faixas 7 e 12) e 30/01/1958 (faixas 1, 5, 9, 10, 13 e 15), New York. Album da Roulette: “Bud Powell - Bud Plays Bird”.
1. Big Foot - versão longa
2. Shaw 'Nuff
3. Buzzy
4. Yardbird Suite
5. Relaxin’ At Camarillo
6. Confirmation
7. Billie's Bounce
8. Ko Ko
9. Barbados
10. Dewy Square
11. Moose The mooch
12. Ornithology
13. Scrapple From The Apple
14. Salt Peanuts
15. Big Foot - versão curta
Lançamento em CD da Roulette (Capitol Records) em 1996, notas bem elaboradas do encarte por Ira Gitler, descrevendo um pouco da trajetória de Bud Powell, inclusive com relação à agressão de policiais em clube noturno da Filadélfia, tratamento de choque em hospitais para doentes mentais e a bebida, conjunto de fatores que o levaram a crises e distúrbios nervosos. O mais impressionante sob o ponto de vista musical nessas gravações é ouvir-se Bud Powell emitir no piano o fraseado de Charlie Parker no alto.

The Three Bosses
Bud Powell (piano), Pierre Michelot (baixo) e Kenny Clarke (bateria).
(?)/1957, Club St. Germain, Paris, França. Album da Mythic Sound: “Earl Bud Powell, Volume 3 - Cookin' At Saint-Germain, 57-59”.
1. Bud On Bach
2. Yesterdays
3. Be-Bop
A partir de 1957 e até 1962, na França, Bud Powell se apresentará e gravará continuamente em trio e sob esse título - “The Three Bosses”(com Pierre Michelot e Kenny Clarke) - eventualmente com convidado(s): Clark Terry em 1959, Zoot Sims em 1961, Dexter Gordon em 1963 e outros.

Oscar Pettiford Quartet
Coleman Hawkins (sax.tenor nas faixas 6, 7, 8 e 9), Bud Powell (piano), Oscar Pettiford (baixo) e Kenny Clarke (bateria).
02/04/1960, Essen Jazz Festival, Grugahalle, Essen, Alemanha. Álbum da Black Lion: “Bud Powell - The Complete Essen Jazz Festival Concert”.
1. Shaw Nuff
2. Blues In The Closet
3. Willow Weep For Me
4. John’s Abbey
5. Salt Peanuts
6. All The Things You Are
7. Just You, Just Me
8. Yesterdays
9. Stuffy
Produção de alta qualidade da Black Lion. Espetacular solo de Coleman Hawkins no clássico de Jerome Kern e O.Hammerstein “All The Things You Are” e um trio absolutamente perfeito, tendo como “mestre de cerimônias’ o crítico alemão Joachim Ernst Berendt. As notas do encarte do CD são de Erik Wiedemann. Nesse mesmo festival em 1960, apresentaram-se Helen Merrill, Dave Brubeck em quarteto e a orquestra de Quincy Jones.

The Three Bosses With Zoot Sims
Zoot Sims (sax.tenor), Bud Powell (piano), Pierre Michelot (baixo) e Kenny Clarke (bateria).
01/1961, Blue Note Cafe, Paris, França. Album da Mythic Sound: “Earl Bud Powell, Volume 5 - Groovin' At The Blue Note, 59-61”.
1. 1.Groovin' High
2. Taking A Chance On Love
3. Blue Bud Blues / 52nd Street Theme

Don Byas - Bud Powell Quintet
Idrees Sulieman (trumpete), Cannonball Adderley (sax.alto), Don Byas (sax.tenor), Bud Powell (piano), Pierre Michelot (baixo) e Kenny Clarke (bateria).
15/12/1961, Studio Charlot, Paris, França. Album da Columbia: “Don Byas/Bud Powell - A Tribute To Cannonball”.
1. 1.Good Bait
2. Jeannine
3. All The Things You Are
4. Myth
5. Just One Of Those Things
6. Jackie My Little Cat
7. Cherokee
8. I Remember Clifford
9. Jackie My Little Cat (alternate take)
10. Cherokee (alternate take)
No Brasil a Columbia lançou em 1979 LP com o mesmo título e as mesmas faixas acima, tendo notas de capa e contra-capa de Gary Giddins, com tradução e adaptação de Luiz Carlos Antumes, Mestre LULA. O lado “B” desse LP é inciado com o tema de Duke Pearson “Jeannine”, prefixo / sufixo do Programa “JAZZ + JAZZ” de Arlindo Coutinho, colega “Cjubiano”. Nesse tema temos “intro / coda” pela bateria de “Mr. Clock”, Kenny Clarke.

Bud Powell - Francis Paudras Duo
Bud Powell (piano) e Francis Paudras (escovas).
1962 a 1964, Paris, França. Album da Fontana: “Bud Powell At Home - Strictly Confidential”
1. Cherokee
2. My Devotion
3. Idaho
4. Conception
5. All God's Chillun Got Rhythm
6. Strictly Confidential
7. Deep Night
8. Thou Swell
9. Wahoo
10. Ruby, My Dear
11. It Could Happen To You

As gravações de Bud Powell com seu amigo Francis Paudras na residência deste, foram iniciadas em 1961com Bud no piano e vocal, acompanhado por Francis com as “vassourinhas”. Seguiram-se as gravações indicadas anteriormente; depois em 1963 e 1964 (16/Fevereiro, última gravação dos dois) voltaram a gravar.

Bud Powell Trio
Bud Powell (piano), Gilbert Rovere (baixo) e "Kansas" Fields (bateria).
02/1963, Paris, França. Album da Mythic Sound: “Earl Bud Powell, Vol. 6 - Writin' For Duke, 63”. Album da Reprise: “Bud Powell In Paris”; esse mesmo álbum e sem as faixas 10 e de 13 até 20, foi lançado em CD com a chancela da Warner, com produção de Duke Ellington (sim senhor!) e notas do encarte por Leonard Feather. Uma homenagem de altíssima qualidade, por um trio em plena forma no clássico “Satin Doll”, “Indiana” e nas demais faixas.
1. How High The Moon - Ornithology
2. Dear Old Stockholm
3. Body And Soul
4. Jor-Du
5. Reets And I
6. Satin Doll
7. Parisian Thoroughfare
8. I Can't Get Started
9. Little Benny - Crazeology
10. I Got It Bad
11. Indiana
12. Bud's Blue Bossa - B-Flat Blues)
13. Tune For Duke
14. For My Friends
15. Get It Back
16. Free
17. Trapped
18. Perdido
19. Rue De Clichy
20. Tune For Duke (alternate take)

Dizzy Gillespie Quartet And The Double Six Of Paris
Dizzy Gillespie (trumpete), Bud Powell (piano), Pierre Michelot (baixo) e Kenny Clarke (bateria). Double Six Of Paris com Claudine Barge, Jean-Claude Briodin, Christiane Legrand, Eddy Louiss, Mimi Perrin, Robert Smart e Ward Swingle.
08/07/1963, Europasonor Studios, Paris, França. Album da Philips: “Dizzy Gillespie Quartet And The Double Six Of Paris”.
1. One Bass Hit
2. Two Bass Hit
3. Emanon
4. Blue 'N' Boogie
5. The Champ
6. Tin Tin Deo
7. Groovin' High
8. Ow!
9. Hot House
10. Anthropology

Johnny Griffin - Bud Powell Quartet
Johnny Griffin (sax.tenor), Bud Powell (piano), Guy Hayat (baixo) e Jacques Gervais (bateria).
08 a 14/08/1964, Hotel-Restaurant La Belle Escale, Edenville, França. Album da Fontana: “Bud Powell - Hot House”. Albuns da Black Lion: “Bud Powell - Salt Peanuts” e “Bud Powell - The Invisible Cage”. Album Mythic Sound: “Earl Bud Powell, Volume 8 - Holidays In Edenville, 64”.
1. Salt Peanuts
2. Move
3. Bean And The Boys
4. 52nd Street Theme
5. Straight, No Chaser
6. Wee
7. Hot House
8. Body And Soul
9. Wee Dot
10. I Know That You Know
11. Star Eyes
12. There Will Never Be Another You
13. Prelude N 20 Opus, XXVIII, de Chopin
14. Hot House
15. Body And Soul
16. Nice Work If You Can Get It
17. Salt Peanuts
18. If I Loved You
19. Lady Bird
20. Well, You Needn't
21. Crazy Rhythm
22. I Remember Clifford

Bud Powell Solo
Bud Powell (piano).
27/03/1965, Charlie Parker Memorial Concert no Carnegie Hall, New York. Album da Mainstream: “Bud Powell - Ups'n Downs”.
1. 'Round About Midnight
2. No Smokin'
3. I'm Always Chasing Rainbows

Bud Powell Solo
Bud Powell (piano), Scotty Holt (baixo) e Rashied Ali (bateria).
Final de 1965 e 02/01/1966, Town Hall, New York. Álbum da ESP.
1. Tema sem nome em solo
2. Tema sem nome em trio
Aqui temos as derradeiras gravações de Bud Powell, mestre maior do “Bebop” no piano.


A seguir: RETRATOS 05. STAN GETZ

Nenhum comentário: